Search This Blog

Sunday, January 24, 2010

23444

Douradas pelo encanto desta lua
As horas ditam sempre rara glória
E quando em minhas mãos, ela flutua
A sorte transformando nossa história,
Espalha tal beleza em cada rua,
A senda mais bonita e sempre flórea
Etérea maravilha continua
Brilhando a cada instante na memória.
Não deixo-me levar por falsos guizos,
Tampouco não suporto prejuízos
Aonde o desamor causara danos,
Sabendo das belezas destes sóis
Outrora aonde havia maus lençóis
Agora já percebo rotos planos.

No comments:

Post a Comment